A pequena túlipa

BLOG

4 dicas para poupar água

  Podemos achar que sabemos como poupar água, mas a verdade é que cometemos muitos erros que nos fazem gastar mais do que devíamos.

Podemos achar que sabemos como poupar água, mas a verdade é que cometemos muitos erros que nos fazem gastar mais do que devíamos.

Recentemente, fizemos uma sessão fotográfica para a Águas de Portugal em que se retratam várias utilizações da água, umas corretas e outras erradas. Nesta campanha de consciencialização sobre o consumo de água, a cargo da Ubiwhere, aprendemos muito sobre este tema.

Inspirados por este trabalho, resolvemos partilhar algumas boas práticas, para que não venhamos a passar por situações de carência em que, infelizmente, muita gente por todo o mundo se encontra. As nossas fotografias ilustram boas e más práticas, mas a acompanhar as dicas de poupança vai ver apenas bons exemplos. Se quiser, pode ver aqui o trabalho completo.

4 maneiras de poupar água de forma simples

1. Aproveitamento de água de lavagem de vegetais

APT_6355.jpg

Esta situação verifica-se mais em casas particulares, mas em empresas também pode acontecer.

Ao lavar frutas e legumes, deve usar-se uma bacia. Lavando aí os alimentos consegue aproveitar a água utilizada, que ainda tem serventia em diversas tarefas domésticas, como regar plantas, substituir uma descarga da sanita ou lavar o chão.

No espaço de trabalho, este tipo de situação pode verificar-se quando as empresas dão fruta aos funcionários. A pessoa responsável pelo tratamento da fruta pode garantir que se reaproveita a água com que esta é lavada.

Para quem tenha uma casa ou empresa com área exterior, recolher água da chuva também é uma ideia que permite gastar menos.

2. Ensaboar de torneira fechada

APT_5621-min.jpg

Outra boa prática extremamente importante para poupar água é fechar a torneira enquanto se ensaboa. Seja a tomar banho, a lavar as mãos ou até ao escovar os dentes, não deixe a água a correr enquanto não faz uso dela.

Já pensou na quantidade de água que se desperdiça nesses momentos? Por outro lado, se fechar a torneira por uns segundos não lhe vai custar nada.

3. Lavagem de loiça

APT_6708-min.jpg

A moda das marmitas parece ter vindo para ficar, por isso talvez haja cada vez mais pessoas a lavar a loiça não só em casa, mas também no trabalho.

E, especialmente quando esta tem muita sujidade, não há melhor truque que deixá-la de molho, quer para a lavar mais facilmente como para poupar água.

Com este gesto simples, faz com que os detritos amoleçam, permitindo fazer uma lavagem mais rápida e com menos esforço. Por ser mais fácil de lavar, também pode usar menos detergente. E se usar menos detergente, para além de o fazer render, também precisará de menos água para retirar a espuma. É o verdadeiro 3 em 1!

Se houver máquina de lavar a loiça, não a meta a funcionar se esta não estiver completamente cheia.

4. Autoclismo económico

APT_7158-min.jpg

Se ainda tem um autoclismo dos antigos, em que só tem uma opção de descarga, talvez esteja na hora de pensar em trocá-lo por um económico. Não sabe a diferença? Nós explicamos.

Um autoclismo económico tem 2 botões, um mais pequeno e outro maior. É fácil de perceber que o botão mais pequeno permite descarregar menos água do que o maior. Use-os de acordo com a necessidade de utilizar mais ou menos água.

N’A pequena túlipa gostamos de acreditar que os nossos comportamentos são sustentáveis e que não deixamos uma pegada maior do que a estritamente necessária. Por isso, foi importante recordar que, através de atitudes simples, podemos evitar o desperdício de vários litros de água. E, com este despertar de consciência, voltamos a estar mais alerta, para podermos contribuir com atitudes mais amigas do ambiente.